ELEMENTOS NATURAIS SÃO FUNDAMENTAIS NUM PROJETO

A biofilia foi um dos temas mais discutidos durante a pandemia, devido a necessidade forçada das pessoas em se manterem seguras em suas casas seja para trabalhar, ter novas formas de entretenimento com a família e com tudo isso, ainda manter o bem-estar e a saúde mental em dia.

Muitos não se preocupavam em ter uma residência ou ambiente de trabalho com uma forte conexão com a natureza, mas a biofilia não se limita apenas em ter plantas num espaço.

O USO DE ELEMENTOS NATURAIS RESSALTA A SENSAÇÃO DE BEM ESTAR, SEJA NUMA RESIDÊNCIA OU NUM ESPAÇO CORPORATIVO

A biofilia tem como objetivo deixar um ambiente construído mais conectado com a natureza, despertando sensações de diversas formas, com a introdução de elementos naturais como a água, o verde das plantas, a valorização da ventilação e iluminação natural e o uso de elementos naturais que possam amenizar o estresse do dia a dia.

Neste projeto feito pela designer Alessandra Scatolin, a varanda gourmet foi ainda mais valorizada com a presença da vegetação e de elementos naturais presentes nos acabamentos, deixando o espaço mais aconchegante ainda.

A especificação de materiais, seguindo tonalidades suaves e que conversem, como no uso da pastilha metalizada dourada revestindo o cachepot, ficou totalmente harmônica com o amadeirado do piso e o tom de palha natural encontrado nos mobiliários, criou uma harmonia no ambiente, sem perder a elegância.

ALÉM DO VERDE QUE É DESTAQUE NESTE PROJETO, O BANCO DESENHADO E CONTRUÍDO COM TUBOS DE PASTA DE DENTE RECICLADO, RESSALTA AS FORMAS ORGÂNICAS, QUE É UMA DAS FORTES CARACTERÍSTICAS DA BIOFILIA NO DESIGN.

A água é outro elemento que pode valorizar um ambiente junto com o verde, pois além de estabelecer uma forte conexão com a natureza, já existem estudos que comprovam que o som da água colabora com a redução do estresse, trazendo mais tranquilidade e bem estar, como foi feito neste projeto do arquiteto Giovanni Lyra, onde ele uniu o verde das plantas com a água que escorre pelas pastilhas da Belamari e que servem de fundo para este espaço. Durante a noite a pastilha é ressaltada com a iluminação artificial e durante o dia tem a luz natural como destaque.

O uso diversificado de texturas e materiais é outra característica do design biofílico, introduzindo a arquitetura junto com a natureza como se fosse uma coisa única, criando espaços onde essa conexão aconteça de forma natural e com o objetivo principal de tornar o ambiente o mais agradável possível.

Neste espaço criado pelo arquiteto Jean de Just, ele optou pelo uso de painéis personalizados em pastilha de porcelana, com diversas texturas e cores criando uma conexão maior ainda com o jardim vertical, as palmeiras dentro sala de estar e o jardim externo que se conecta com o ambiente interno.